Subscribe Now

Trending News

Marketing jurídico: 4 dicas para captar mais clientes
Advogados

Marketing jurídico: 4 dicas para captar mais clientes

A advocacia tem se tornado uma área cada vez mais concorrida. A grande quantidade de profissionais no mercado justifica a competitividade, ao mesmo tempo em que gera a necessidade de que os advogados estejam sempre se reinventando e buscando novas maneiras de aperfeiçoar os seus serviços e superar os desafios.

Nesse cenário, investir em estratégias de marketing jurídico é um dos requisitos mais importantes para que um escritório de advocacia se destaque no mercado e consiga atrair mais clientes, ganhando visibilidade.

Neste artigo você vai entender como funciona o marketing jurídico e como essa estratégia tem o poder de fidelizar clientes e melhorar os resultados do seu escritório. Confira!

O que é marketing jurídico?

Marketing jurídico é o conjunto de estratégias utilizadas com o intuito de dar notoriedade e fortalecer a imagem do escritório. Ao oferecer conteúdo de qualidade, a corporação ganha novos clientes e se destaca frente à concorrência.

O que o Código de Ética estabelece sobre a publicidade do advogado?

Muitos profissionais têm a crença de que a publicidade online feita por advogados e escritórios de advocacia é proibida pelo Código de Ética da OAB — o que é um erro. Na verdade, o art. 28 desse mesmo diploma legal estabelece que:

“O advogado pode anunciar os seus serviços profissionais, individual ou coletivamente, com discrição e moderação, para finalidade exclusivamente informativa, vedada a divulgação em conjunto com outra atividade.

No mesmo sentido, o art. 1º do Provimento 94/2000 prevê que:

“É permitida a publicidade informativa do advogado e da sociedade de advogados, contanto que se limite a levar ao conhecimento do público em geral, ou da clientela, em particular, dados objetivos e verdadeiros a respeito dos serviços de advocacia que se propõe a prestar, observadas as normas do Código de Ética e Disciplina e as deste Provimento.”

Desse modo, a publicidade de advogados e escritórios é permitida e considerada uma atividade lícita e ética, desde que feita com discrição e moderação. Por outro lado, as práticas consideradas não permitidas são as seguintes:

  • induzir os leitores e seguidores a entrar com medidas legais — litigar;
  • veicular publicidade com o único objetivo de captar clientes;
  • fazer promoção pessoal do advogado ou do seu escritório;
  • abordar questões com extremo sensacionalismo;
  • abordar causas que estão sob os cuidados de outro advogado;
  • adotar a mercantilização da profissão.

Qual é a importância de investir em estratégias de marketing?

Selecionamos os motivos que levam os escritórios a investir no marketing jurídico. Acompanhe!

Atrair novos clientes

Com um público cada vez mais conectado, uma das melhores maneiras de captar clientes é por meio da internet. O marketing jurídico veio para potencializar essa tendência, expandindo o alcance dos profissionais e permitindo que os consumidores conheçam melhor a imagem do escritório antes de decidir contratar o serviço.

Melhorar o relacionamento com os clientes já existentes

O marketing jurídico investe no relacionamento — a forma mais eficiente para aproximar o escritório dos clientes e fidelizá-los. Para isso, é importante elaborar um planejamento estratégico e definir as ações que deverão ser colocadas em prática.

Quando bem tratadas e se tiverem suas necessidades e seus anseios satisfeitos, as chances de essas pessoas se tornem clientes fiéis são muito grandes. Assim, quando elas tiverem algum problema para resolver, vão recorrer aos seus serviços.

Aumentar a competitividade no mercado

As estratégias utilizadas pelo marketing jurídico permitem que o escritório tenha um diferencial, e assim ele passa a ganhar destaque no meio advocatício e se torna referência no assunto. Isso significa que quanto mais a imagem do escritório é trabalhada, melhor será a reputação perante os clientes.

Como aplicar o marketing no seu escritório e captar mais clientes?

Vamos partir para a parte prática. Conheça algumas dicas que, quando colocadas em prática, ajudam a melhorar os resultados do seu escritório.

1. Invista em inbound marketing

O inbound marketing — marketing de conteúdo — consiste em ajudar o público, suprir as suas necessidades e mantê-lo informado por meio da produção de conteúdo relevante e útil.

Sempre que alguém precisa tirar uma dúvida jurídica, o que essa pessoa faz? Vai até o Google e pesquisa sobre aquele assunto. Desse modo, se você disponibilizar um conteúdo benfeito e estruturado sobre o tema que está buscando, as chances de ela se interessar pelo material e contatar o seu escritório são muito grandes.

2. Crie um site otimizado para os mecanismos de busca

Se você optar por utilizar uma página online que representa o seu escritório e transmite a imagem da corporação, tenha a certeza de que ela adota os mecanismos de busca otimizados e adequados — Search Engine Optimization (SEO).

O SEO é uma ferramenta que atua otimizando sites e blogs, de forma que as páginas são mais facilmente reconhecidas pelos mecanismos de pesquisa. Com isso, o posicionamento da página nos resultados das buscas feitas no Google aumenta significativamente. Assim, quando um usuário buscar um termo jurídico, o seu conteúdo vai aparecer na primeira página, e como consequência, será mais visualizado.

3. Aumente a sua rede de networking

Manter um bom relacionamento com os colegas é essencial para que os profissionais sejam bem-sucedidos na sua área. Muitos escritórios mantêm em seus quadros advogados de diversas especialidades. O marketing jurídico segue essa mesma diretriz — tudo com o intuito de ajudar os clientes.

4. Aposte nas mídias sociais

As redes sociais se tornaram um espaço democrático e muito popular entre as pessoas. Algumas plataformas — LinkedIn, Facebook e Instagram — têm um alcance maior de usuários.

Dessa forma, elas são um ambiente muito propício para fortalecer a imagem do escritório e do advogado, servindo de meio para a divulgação de conteúdos de inbound marketing e para interagir com os usuários, por exemplo.

Marcar presença online por meio das mídias sociais é um ato permitido pelo Código de Ética dos Advogados. Nesse sentido, a publicidade nesses canais deve ser velada e feita de forma moderada. É assim que o profissional constrói a sua reputação e ganha relevância online.

Como você pôde ver, adotar estratégias de marketing jurídico é uma das melhoras formas de captar mais público e conquistar os clientes que estão mais propícios no momento a contratar os seus serviços. Afinal, eles já conhecem um pouco o seu escritório e se sentiram confiantes em lhe contatar pelo ótimo trabalho que você disponibiliza online.

Este artigo foi útil? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro outros conteúdos como este!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *